Décima Segunda Leva: A Receita da Primeira Summer Ale

Fiz uma receita com ingredientes mais baratos pois é a estréia do novo equipamento. Será uma cerveja com malte base Pilsen e pouco lupulada. As Summer Ale (base no estilo Cream Ale) são praticamente iguais às cervejas lagers e pilsen, com a diferença que o fermento é do tipo Ale.

primeira

Usarei o seguinte:

– 20kg de malte Pilsen

– 1kg de malte Cara 20

– 250g de malte Cara 120

– 50g de lúpulo Nugget (60 minutos)

– 25g de lúpulo Tettnanger (30 minutos)

– 25g de lúpulo Tettnanger (5 minutos)

– 40g de flores de Ibisco secas (10 minutos) –> na receita original não tinha isso, mas como ganhei de presente resolvi usar!

– 4 tubos de fermento líquido Ale da Bio4

– aquecer a água a 45ºC, colocar o malte e esperar decantar por 10 minutos

– subir pra 50ºC e manter por 30 minutos

– subir pra 60ºC e manter por 30 minutos

– subir para 70ºC e manter por 30 minutos

– subir para 78ºC e manter por 10 minutos (mash-out)

– fervura intensa por 1 hora, adicionando o lúpulo conforme descrito acima

– adicionar whirfloc a 15 minutos do final da fervura

– fazer o whirpool e aguardar 20 minutos

– fazer o resfriamento do mosto até 30ºC e inocular o fermento

Décima Segunda Leva: A Brassagem da Primeira Summer Ale

Lúpulos em pellets, flores secas de Ibisco e tubos de levedura líquida.

Lúpulos em pellets, flores secas de Ibisco e tubos de levedura líquida.

Dia de estréia do equipamento novo e por isso batizei a cerveja como Primeira Summer Ale, a primeira feita na nova “máquina”.

Organizei as coisas ontem, coloquei os fogareiros, butijão de gás, panelas, mangueiras, etc, tudo em seus devidos lugares.

Fiz a mostura com fogo direto na panela e recirculação por bomba,

Fiz a mostura com fogo direto na panela e recirculação por bomba,

Hoje comecei por volta das 11 horas da manhã. Como as panelas novas são bem maiores que as antigas (20L passei pra 100L) demorou bastante pra encher, cerca de 15 minutos.

Aqueci a água até 45ºC e as 11h30 coloquei o malte, depois esperei uns 15 minutos pra decantar.

Mosto transferido da panela de mostura pra panela de fervura.

Mosto transferido da panela de mostura pra panela de fervura.

Subi pra 50ºC por onde mantive das 11h53 às 12h23. Depois fiz 60ºC das 12h35 às 13h05, terminando com a rampa de 70ºC também por meia hora. Mash-out (78ºC) das 13h51 às 14h01.

Transferi o mosto por bomba, fiz a lavagem dos grãos e comecei a fervura por volta das 14h40, deixando ferver por 1 hora.

Panela de fervura já com o lúpulo de amargor colocado.

Panela de fervura já com o lúpulo de amargor colocado.

Depois fiz o whirpool e me esqueci de colocar os whirflocs. Não sei se prejudicou muito, quando fiz o resfriamento e passei o mosto pro fermentador não me pareceu suja.

Dessa vez resfriei usando chiller de placas, com contra-fluxo, é muito mais fácil e rápido do que o chiller de serpentina. Esqueci de cronometrar o resfriamento, mas é muito rápido.

Ainda bem que deu tudo certo, agora é esperar e torcer!

Décima Segunda Leva: Resultados da Primeira Summer Ale

Infelizmente alguma coisa deu errado e a cerveja não ficou boa, apesar de “bebível”. Está com um off-flavor que não consigo identificar, sinto um pouco de sabor de borracha e de levedura.

Algumas coisas podem ter ocorrido:

1 – não medi a FG antes de completar uma semana de fermentação, talvez o açúcar do mosto tenha acabado rapidamente e houve um pouco de autólise.

2 – falhei em alguma parte da sanitização dos materiais, causando contaminação.

A aparência ficou legal, cerveja translúcida, com boa formação de espuma persistente e cor clara. A foto não favorece, depois vou tirar outra e posto aqui.