Como e Quando Comecei

Resolvi separar a produção de cerveja caseira da produção de cerveja artesanal por que são, de fato, coisas diferentes. Embora na sua casa você produza cerveja artesanal, os métodos são “caseiros”. A produção artesanal envolve a produção caseira, mas é maior (não em volume, mas em técnicas e equipamentos!) do que isso.

Minha primeira experiência com a produção de cerveja artesanal, já em fábrica, aconteceu quando resolvemos produzir de forma “cigana” uma receita própria do meu bar Capitão Barley.  Chamamos de “cigana” a cervejaria que produz na estrutura de outra, de certa forma terceirizando a produção. Levamos a receita que foi adaptada ao equipamento da fábrica (neste caso a Blondine, em Itupeva-SP) e lá acompanhamos a brassagem. Eles, de acordo com a receita, acompanharam a fermentação, maturação e envase da cerveja. Esta se chamou Maresia, que era uma Session American Pale Ale que fez bastante sucesso vendendo no bar.

O próximo desafio foi também pro Capitão Barley, desta vez num estilo pouco conhecido no Brasil. Elaborei a receita da Catalina Island, uma Califórnia Common. Este estilo usa um tipo de levedura própria, do tipo Lager (baixa fermentação) mas que trabalha em temperatura ideal pra leveduras Ale. Ela dá características únicas à cerveja, trazendo esteres frutados pro aroma e sabor, lembrando frutas passas. Cerveja artesanal também produzida na Blondine, no interior de São Paulo.

Depois dessa veio a 1790 From London To Bombay. Era uma India Pale Ale (IPA) com 5,8% de ABV (álcool por volume) e 46 IBU (índice de amargor que vai de 0 a 100). Encorpada, de sabor e aromas fortes de lúpulos ingleses usados na receita produzida na Cervejaria Bragantina, em Bragança Paulista-SP.

Depois das experiências feitas em nome do Capitão, resolvi abrir novos mercados e criar uma marca independente do bar, que pudesse atingir também clientes de outras lojas e bares de cerveja artesanal de São Paulo. Nasceu então a OTH Cervejaria.

As experiências continuam. Não foram muitas ainda mas espero que um dia sejam suficientes pra que eu conheça bastante sobre produção de cerveja artesanal!